Que já vem.

milo e la_2015_low

Acabou o ano. Estou acabado de canseira ainda desse ano que não cabe em palavras. Não cabe em mim. Acabe de uma vez. Foi foda.
Ando sumido daqui.
Agradeço a todos que fizeram parte do meu ano e colaboraram para que nos acabássemos de tantos bons momentos.
Foi o ano de Desengano.
Foi o ano que me guardei até o Carnaval chegar. E chegou com tudo. Com prefácio fodão. Com uma baita revisão. Com ótimas resenhas.
E agora quem me vê sempre parado, distante, garante que eu não sei sambar…
Não sei mesmo.

E a tendinite veio assim como a quarta feira, quando sempre desce o pano e deixa aquele vazio tão desumano. Cheio de desengano.
Vai passar.

Feliz Natal e um “próximo” Ano Novo (Não canso de repetir essa frase de algum caipira sãomanuelense).
Esse “próximo” ao invés de “próspero” de tão simplório chega a ser muito mais singelo e sincero. Ele aproxima. Te traz para mais perto. E o ano próximo que já vem, que já vem, que já vem, seja um ano que nos aproxime de quem nos faz bem.

Prefácio de Desengano por Robert Crumb.

Prefácio original, em inglês

Prefácio original, em inglês

Versão traduzida

Versão traduzida

Já faz algumas semanas que eu estou guardando um segredo sobre a minha próxima HQ Desengano. Pois bem, chegou a hora de revelar uma das maiores novidades sobre esse livro.
Mas antes gostaria de dizer algumas coisas…
As pessoas que me acompanham pelo Facebook podem ter notado que eu tive uma tendinite na mão direita o que me deixou impossibilitado de desenhar e fazer qualquer outra coisa nesses últimos meses, ainda estou me recuperando e logo estarei bom. Mas o que realmente gostaria de dizer é o fato de que tenho muitos amigos que se dispuseram a me ajudar nesse momento, pois, Desengano tem que acontecer! E tenho que mandar pra gráfica! E todas essas coisas dos ajustes finais que a minha mão não me deixou cuidar… É bom ter amigos. É muito bom ter bons amigos.

E no caso, gostaria de dizer mais um amigo… o que escreveu o meu prefácio. Antes dessa pessoa ser minha amiga, foi ela que me inspirou a seguir a carreira de quadrinhos. A partir desse cara que eu vi o que dava pra fazer com quadrinhos e que não precisava ter nenhuma fórmula específica… Minha maior inspiração.
Então digo com muita alegria que o prefácio de Desengano foi escrito por Robert Crumb, o maior autor underground de todos os tempos. Sim, é isso mesmo! Foi em 2010 na Flip onde nos encontramos e desde então, nos falamos. Na maior parte das vezes conversamos sobre música brasileira antiga…

Quando recebi esse prefácio, me veio uma motivação absurda! Uma vontade de criar muito mais e não parar nunca de fazer quadrinhos.

Claro que não vou revelar todo o prefácio aqui então, se ligue: no dia 26 de setembro na Gibiteria em São Paulo lançamento do meu novo gibi independente!!
Conto com você lá!

Saiu uma matéria lindona no Universo HQ sobre isso! Clique aqui para ver.

E fique esperto que em breve haverá uma Pré-Venda pela Ugra Press!
Outras datas virão mas isso é assunto para outro post.

Aproveito e deixo duas páginas da HQ na íntegra:

desengano_teaser 19

desengano_teaser 20

[English]

It’s been a few weeks that I’m keeping a secret about my upcoming comic book Desillusion. Well, it’s time to reveal one of the biggest news about this book.
But first I would like to say a few things …
People who follow me on Facebook may have noticed that I had tendonitis in the right hand which made me unable to draw and do anything else in the past few months, I am still recovering and soon I’ll be just fine. But what I’d like to say is that I have many friends who were willing to help me at this moment because Desillusion must happen! And I have to send to print! And all these things… these final adjustments that my hand would not let me do it … It’s good to have friends. It is great to have good friends.

And in case, I would say one more friend … The one who wrote my foreword. Before being friends, it was he who inspired me to follow the comic book career… My biggest inspiration.
So, I say with great joy that the Desillusion foreword was written by Robert Crumb, the greatest underground author of all time. Yes, that’s right! It was in 2010 at Flip where we met and, since then, we keep in touch. In most times we talk about old Brazilian music …

When I received this foreword, I got extremely motivated! A desire to create more and never stop making comics!

I won’t reveal the entire foreword… Yet.

Data de Pré-Lançamento de Desengano.

pg 12 Desengano_ TEASER_infos

Tô me preparando.

Repara que quem muito se prepara parece que no momento em que a vida para e te encara o preparo certo é incerto e raro. Então é melhor preparar só um café, agradecer pelo sabor dele fazer o dia nascer mais feliz.

Tô fingindo que tô me preparando, mas é para controlar essa ansiedade que não me dá trégua.

Tô falando de Desengano.
E vai sair! E tem data! E tá quase aí!
Dia 26 de setembro de 2015 será o Pré-Lançamento na lindíssima e queridíssima Gibiteria que fica na Benedito Calixto em São Paulo!!

E eu quero MUITO que você vá!
Seja de onde for e de onde estiver, desde os amigos de São Paulo (esses são obrigados a ir), aos de São Manuel e Bauru caminhando até João Pessoa!

Sim. É isso mesmo. Vai ser num sábado delicioso com muito desenho, bate papo e sorrisos.

Deve até ter um café. Paçoquinha com certeza.
Se prepare. Tem tempo.

Tô me preparando.

A capa de Desengano.

CAPA_Desengano

Fui indicado mais uma vez ao Troféu HQMIX!
Em 2013 lancei Inspiração, meu primeiro trabalho e acabei sendo indicado em duas categorias no Troféu. Novo Talento Roteirista e Novo Talento Desenhista. Acho que foi um dos momentos mais felizes da minha vida. A indicação nesse prêmio tão importante para o Quadrinho Brasileiro.

Mudei pra São Paulo e fiz Captar com o Thobias Daneluz. Fizemos de maneira despretensiosa, a gente precisava exorcizar as dores das mudanças que São Paulo faz com a gente, sendo mudanças boas ou ruins, mudar sempre dói.

E com esse trabalho lançado na Comic Con Experience no ano passado, conseguimos mais uma vez a indicação ao Troféu dos melhores de 2014.
Novamente estou indicado como Novo Talento Desenhista, o que é uma honra imensa e como Publicação Independente One-shot que também é SENSACIONAL!

Quando saiu a notícia fiquei feliz demais, pensei na hora em parar tudo e escrever alguma coisa. Escrevi um texto vomitado. Correria. Não tava com tempo, estava trabalhando demais. Depois parei, sentei e escrevi um texto um pouco maior e publiquei aqui. Também todo vomitado, pois ainda tava na correria do dia-dia paulistano.
Hoje parei e pensei como esse tempo está ficando cada vez menor e a ansiedade para fazer coisas legais não estão rolando por conta dos outros trabalhos. Esses trabalhos são necessários, mas bateu um frio na barriga desse tempo não mais existir.
Tem que existir.
Eu existo.

Parei! E agora sim, escrevi um texto mais decente, mesmo que todo indecente e independente de estar bom ou não, agora eu estou escrevendo com tesão.

A alegria foi tanta da pré-indicação ao HQ Mix que resolvi divulgar a capa de Desengano que logo será lançado. Acho que essa é a capa mais minimalista que já fiz.

Aproveito pra dizer que se você mora em São Carlos ou região, no dia 17/06/2015, na próxima quarta-feira, estarei num bate papo com o Quadrinista Luciano Salles e Daniel Lopes do Pipoca e Nanquim no SESC de lá. Estaremos falando das nossas experiências de vida e carreira.
Veja mais aqui.
Até lá!

Simbora pra CCXP e pro FIQ?

ccxpfiqpromo

Um pessoal veio me perguntar se eu iria em algum evento esse ano lançar minha nova HQ.
Dois dos maiores eventos de Quadrinhos do País acontecerão no final desse ano de 2015.
E eu vou nos DOIS!! Claro que vou!!

Levando o novo trabalho Desengano para você!
Além de alguns prints com as ilustrações mais lindonas que eu puder fazer!!

Então se liga no FIQ de 11 a 15 de novembro em Belo Horizonte e na Comic Con Experience de 3 a 6 de dezembro em São Paulo!!
Simbora, hein??

Nos vemos lá!!

Desengano se aproximando.

juca_desengano_wtrclrwthtffct

Desengano está chegando.
Na verdade, faltam alguns meses ainda para finalmente a história chegar nas suas mãos, mas muitas novidades vem ocorrendo e vez ou outra resolvo parar e vir te contar as boas novas.

Não lembro se cheguei a comentar aqui que Desengano tinha chances de sair por alguma editora, fato é que mudei de ideia e decidi lançar mais uma vez de maneira independente, portanto vou bancar minha próxima história e também terei que fazer todos os corres de distribuição, lançamento, divulgação, coquetel com mágico e bolinha de queijo e tudo mais que a história merecer.

Mas não tô sozinho não!! Claro que não!! Você tá aí pra me dar aquela ajuda de sempre… Legal que com o tempo fui juntando uma galera que gosta muito do meu trabalho e que me ajuda demais a divulgar as minhas histórias. E acabo ficando amigo de alguns, o pessoal me adiciona no face e acabamos trocando várias conversas fora.

Também decidi que farei um pré-lançamento acho que no final de Outubro em São Paulo. Mas isso é muito incerto ainda. Vou avisando.

Acho que a maior novidade(do momento) é essa independência mais uma vez da história.

Quadrinho Independente é o que mais depende de você.

E vamos à luta!

O que realmente é e será “Desengano”.

teaser_vô

Dias atrás parei e reli todo o roteiro da minha nova história.
Dei aquela verificada final pra ver se eu ainda era aquele mesmo Camilo que escreveu o texto naquele final de 2013 e comecinho de 2014.

Ao começar a ler, voltei no tempo, me teletransportei para aquele dia de verão onde me agarrei ao notebook, coloquei o primeiro disco do Chico Buarque(baixado ilegalmente), sentei nessas cadeiras com tiras de plástico verde que não faço ideia de como chama, joguei um dos chinelos no chão, cruzei os pés, dei uma respirada, um carinho no Tufinho e comecei a escrever. E assim, numa tacada só saiu “Desengano”.
Devo ter demorado umas 4 horas para escrever.

Agora volto para 2015. Eu não gosto de escrever com música nem nenhum barulho, nesse caso foi uma exceção. Ao ler o roteiro de Desengano novamente, eu vejo que minha história não tem NADA a ver com Chico Buarque. Me assusto. Eu achava que tinha alguma coisa a ver. Eu dizia para amigos que a trilha sonora da minha próxima história seria Chico Buarque. E agora vejo que não tem nada do Chico na minha história. Era a minha trilha sonora daqueles dias calorentos, mas não é a trilha sonora da minha História em Quadrinhos.

Meio envergonhado decido fazer um texto para explicar o quê realmente será Desengano.
E então volto mais ainda no tempo. Volto pro FIQ de 2013. Teve uma rodada de negócios e lembro-me de ter conversado com vários editores.
Um especificamente me disse que enquanto eu não tivesse nada sólido para mostrar, ninguém ia querer me publicar por causa de uma boa ideia que eu tivesse.
Foi uma das lições que mais me marcaram e por conta disso que tive o tesão de, no final daquele verão, eu teria que ter uma história boa para contar.
Assim nasceu o roteiro de “Desengano”.

No meio disso, houveram diversas atividades paralelas e projetos nasceram, morreram, se engavetaram, mas “Desengano” ainda morando naquele lugar especial esperando para nascer.
E tá quase nascendo.

Descobri também em momentos de escavação ao meu subconsciente que eu disse que tinha Chico Buarque como trilha sonora apenas para eu tentar conhecer pessoalmente ele. É muita safadeza da minha parte e resolvi desencanar disso. Um dia ele me paga um almoço e tá tranquilo.

O que é “Desengano”?
Desengano é a melhor coisa que já escrevi, posso parecer babaca com essa frase, mas é pecado eu dizer que foi a história que mais gostei de escrever até agora? Não, né… Espero que não.

É uma história de acasos, ocasos e descasos.
É uma luta conta o tempo escasso.
É um carinho, é um abraçaço.

E eu sou o Camilo atualizado daquela época, com certeza, naquele momento de evolução onde só quero dizer “pra todo mundo que me gosta, que hoje eu me gosto muito mais, porque me entendo muito mais também…”

Então Gonzaguinha, Chico, Caetano, Gil, Gonzagão e John Lennon, deem licença que gentilmente vos peço passagem.

Pois sempre peço licença, mas nunca deixo de entrar.

Último post do ano.

teaser_desenganodez2014_150ppi

Então já era 2014!
Por mim, beleza…
2014 foi FODA!

Teve coisas ruins, mas as boas prevaleceram.

Resumão:

Mudei pra São Paulo. Difícil no começo. Mais difícil depois. Melhorando. Bem melhor. Tá sussa.

Quadrinhos. Minha vida em 2014 foi basicamente quadrinhos. Produzindo muito. Obtendo resultados.

Captar nasceu. Captar vendeu. Captar sucesso. Felicidade imensa.

CCXP. Foi ducaralho. Foi bom pra cacete. Foi demais.

2015. Desengano tem que sair. Desengano, desenhar e colorir. Desengano no FIQ. Tem que acontecer.

Final de 2014 sem muito o quê dizer, só agradecer.
E um teaser de leve de como serão as cores de Desengano.

Até 2015!
Obrigado!

O começo de Desengano.

pg 01 desengano rgb

No momento estou produzindo “Desengano”.
A melhor história que já escrevi e a melhor que já desenhei… Também é a melhor que já colori…Enfim, é a história que eu tenho mais amor.
A mais recente é sempre a melhor, né? Pois é, mas essa realmente é…

É uma história que criei misturando algumas lembranças da infância misturadas com a minha paixão pelas canções do Chico Buarque…
Uma história que tem como trilha sonora a obra do Chico…

É uma história de amor… História de amor no interior. Mas passa longe de estereótipos de caipiras de chapéu e clichês amorosos.
Estou ansioso demais com ela. Até porquê é minha primeira história completa com personagens fictícios(com um leve tom de realidade).

Essa é a primeira página.
Não vou divulgar quase mais nada.

Badida.

Tem um cara que mora em São Manuel que é demais.
Atualizando hoje meu Behance, encontrei esse meu projeto que comecei no final do ano passado.
Preparei pra levar pro FIQ, mostrar na Rodada de Negócios o que eu tava produzindo de novo.

Mas esse projeto parou, apenas por enquanto, pois tenho outras prioridades agora.
Uma é “Desengano”, minha próxima HQ a ser lançada no FIQ de 2015. História que eu resolvi fazer e colocar por cima de todos os meus projetos por ter me apaixonado demais por ela.
A segunda coisa é um projeto que ainda não posso dizer muito a respeito que tô fazendo com mais dois amigos que conheci no FIQ e vai estar pronto para a Comic Con Experience no final do ano. Logo mais eu dou uma atualizada a respeito desse projeto.
E as outras milhões de coisas legais que tão aparecendo e me impossibilitando de me dedicar tanto a essa história.

Mas voltando a esse projeto parado(por enquanto):
Esse cara chama Adriano Cella e mora em São Manuel, é uma figura… Mas uma figuraça que não existe igual no mundo.
O apelido dele é Badida e o cara tem tanta história engraçada que dá pra fazer uns mil livros dele.
Ele tem um problema de fala… Troca algumas letras e inventa palavras. E isso é seu maior charme.

Por exemplo, C ele troca por T… Então Camilo é Tamilo.

Ao lado do meu pai, juntei as melhores histórias que realmente aconteceram com ele e ia fazer essa HQ.
Daí eu fiz as 4 primeiras páginas de introdução da história.

As histórias dele são tão sensacionais que é difícil acreditar que realmente existiu.

Essa mesmo por exemplo é inacreditável:

Badida01RGB

Badida02RGB

Badida03RGB

Badida04RGB