Coisas frágeis.

Comprei um livro do Neil Gaiman pra mim e outro pra Lá…
Coraline pra ela, Coisas frágeis pra mim…

É muito doido e bom o livro…São contos de fantasia bizarríssimos e que eu não estou muito acostumado, então levou um pouco de tempo até que eu pegasse o jeitão…

Percebi que se a gente não entender o escritor, dificilmente você vai entender o que ele escreve…entende?? nem eu…

Lendo um dos contos…o mais bizarro até agora, Gaiman faz uma descrição de uma velha de um jeito muito massa e eu na hora desenhei essa imagem na minha cabeça…passando pro papel ficou assim…

Trecho do livro:
“Ouviu-se o estrondo da tranca sendo puxada, e a porta foi aberta por
uma velha de aspecto repulsivo. Usava uma túnica preta inteiriça e larga. Seu rosto era enrugado e pelancudo. Vou dizer como ela era. Já viu a foto daqueles pãezinhos de canela que dizem parecer a Madre Teresa? Ela parecia um daqueles, um pãozinho de canela, com duas uvas-passas no lugar dos olhos…”

“…Mesmo na penumbra, dava para ver que suas roupas eram remendadas e sujas…”

Anúncios

2 comentários sobre “Coisas frágeis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s