Arte de produzir efeito sem causa.

Hoje emprestei a “Arte de Produzir Efeito sem Causa” do Lourenço Mutarelli pra Lá.E assim sendo uma função que o livro possui, me lembrou algumas passagens do livro e passagens da minha vida enquanto lia o livro.

Lembrei algo que não gostaria de deixar de escrever, portanto venho por meio do blog registrar isso.

Comprei o livro numa livraria do Shopping de Bauru…Shopping é muito chato e as coisas são bem caras…se bem que aquele Chá do Rei do Matte eu não nego em nenhum lugar.

Entrei na livraria e fui direto procurar coisas do Mutarelli e lá tinha alguns livros, entre eles, uma edição d’Arte de Produzir Efeito sem Causa…apenas um livro.Agarrei-o.Quando vi, ele tinha uns defeitos…Meio borrado em algumas partes e parecia meio que mal alinhado…As páginas eram tortas vendo o livro meio de lado.Estava com uma etiqueta arrancada na frente onde permaneceram marcadas a cola e um pedaço da etiqueta ainda no livro.

Não era nada demais,e eu tinha que levar.Eu comentei com o vendedor isso e ele disse preu levar esse e quando chegasse um exemplar novo era só eu passar pegar e trocar.
Falei tudo bem, mesmo achando uma puta frescurinha da minha parte e me sentindo até meio envergonhado.

Levei o livro pra casa e fiquei acho q um mês ou um pouco mais com ele…Lia que nem doido todos os dias, foi muito bom…
Até que me ligam dizendo preu voltar pegar o “novo” livro lá na tal livraria.
Vou.Chego e explico a história pruma moça que tava trabalhando lá que não estava a par da história e então ela me diz: “Puxa!Como alguém deixou você levar esse livro com tantos defeitos assim?” Falou em tom satírico, zombando de mim.Mas na boa.
Troquei.

Continuo dando uma olhada nos outros livros, já com o meu “perfeitinho” na mão quando então vejo a moça colocando o meu defeituoso na prateleira…

Foi muito triste sabe…Eu parei e fui lá olhar pra ele.Ele tava lá…do mesmo jeito que passou todos os dias junto de mim em casa…Senti que aquele livro me conhecia melhor do que todos naquela livraria…E ele ainda colocado de lado, eu podia ver todo o seu jeito desalinhado de ser…Poxa…foi muito triste.Faltou coragem pra pedir pra devolverem meu livro defeituoso.

Eu fiz essa troca dos livros enquanto eu estava no meio da história d’Arte de Produzir Efeito sem causa…O livro não acabou tão bem assim.
Talvez se fosse no outro exemplar a coisa melhoraria…Espero que alguém tenha lido no meu defeituoso.Que não é mais meu.

Que coisa né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s