Minhas influências dos anos 90.

Estava pensando o quanto que eu gosto do Crumb e tal e pensando que esse cara está na minha vida a bastante tempo sabe…
Daí pensando mais um pouco comecei a ver as pessoas que me influenciaram a ser quem eu sou hoje..ou estou sendo…é…estou sendo é melhor.

Nossa, tem muita gente, muita coisa, muita música, muito desenho, muita história…

Então pra falar todos levaria um bom tempo…

Pensando nos adolescentes dos anos 90 que eu via e pagava pau, vieram na hora, no estalo 3 pessoas: Kris Zullo, Neto Faraco e Débora Medeiros.

O primeiro é o desenhista fodíssimo são manuelense Kris, e que quando eu era criança e ele adolescente lá por 90 e poco, o Kris tinha uma lojinha de vídeo game na cidade…E eu ia todo dia lá jogar e alugar…Eu tinha o mega drive, mas eu ia lá pra jogar Play Station…Depois que ganhei o Play Station, eu continuei indo lá porque lá era muito da hora…Tinha uns bonequinhos muito bons…Eu comprei um do Homem Aranha e tenho até hoje todo esfolado…E lá no fundo ficava o Kris rabiscando que nem doido uma folha de sulfite…passava o dia desenhando…Mas eu nem lembrava disso tão bem…o que eu curtia nele era o estilo do cara…eu via ele e pensava: “Uau!Que cara estiloso!” Muito foda.Hoje somos amigos e sou muito feliz por isso.

Neto Faraco é outro irmão meu.Eu conheci ele quando estava na sexta série e ele viajava de ônibus comigo para Botucatu para estudar…ele era bem mais velho…Ele estudava no objetivo e eu no La Salle.
Ele era todo descabelado(tinha cabelo ainda), usava coturno, fumava, falava palavrão pra caralho e me chamava de Joe.
Nossa mano, queria ser ele haha.Muito estilo.Muito verdadeiro.

A moça é a minha prima Débora, que eu conheço desde sempre e até hoje ela é muito estilosa…Ela curtia tanto quadrinhos quanto eu…Na verdade, ela curtia muito mais do que eu, pois eu nem sabia ler e já comprava quadrinhos e ficava apenas olhando os desenhos, eu emprestava pra ela e ela pra mim…Tínhamos uma camiseta igual do Wolverine lutando conta o Dentes de Sabre.
Ela tinha uma banda e assistia MTV no comecinho da MTV quando passava Beavis & Butt-Head.

Essas pessoas são o que os adolescentes dos anos 90 são pra mim.
Personagens tirados de um filme do Kevin Smith praticamente.

Resumindo: Amo-os.

The Mask.

Eu lembro que uma das coisas que mais gostei na minha infância anos 90 foi o filme do Máskara e o filme do MIB…E depois o desenho do Máskara e o desenho do MIB…

Nossa o desenho do MIB me dava um puta medo sabe, era muito tenso…bem dark…não era infantil.

E uma das melhores descobertas que eu tive algum tempo depois é que essas duas histórias foram baseadas em histórias em quadrinhos…Não acreditei.
Quando vi o Maskára em quadrinhos eu simplismente surtei de alegria…era muito legal, muito bem desenhada…E uma história muito bizarra…Loki numa máscara…Ahhhh muito legal…

Uma coisa que notei do Maskára agora que vi a HQ depois de grande(nossa, que enorme!) é que é uma história underground na miúda…Pois o desenho é todo bem feitinho aos moldes DC e Marvel, mas quando aparece o Máskara cheio de hachuras e falando coisas bizarras e matando todo mundo com sangue jorrando pra todo lado…você percebe que é uma história diferente…

“Alguém me segureeee!!!”

O Absinto underground.

Ô aligria qui num tem preço não…

Sexta apresentei meu trabalho de história da arte pro Professor Romão na UNESP…
Tava nervosissíssíssíssíssímo, como sempre que tenho que apresentar algo…

Fiz, como já disse no blog, uma HQ baseada no quadro “O Absinto” de Edgar Degas, quando ainda espetava o Pen Drive no pc pra apresentar eu saquei que essa história era perfeita preu apresentar…ao menos ao meu ver, pois é um quadro que retrata pessoas marginalizadas, do underground parisiense…e o meu traço respira underground, apesar d’eu não fazer tanto parte dessas pessoas marginalizadas…ainda bem né…

Bom mas então, apresentei nervoso, mas foi legal, botei uma música clássica que a Lá me ajudou escolher pra dar um ar gostoso pro quadrinho, afinal música e quadrinhos são as coisas que movem minha vida nas artes…

Demorou!
Acabei a apresentação, várias palmas mas eu nem ouvi pois tava muito nervoso, e então o professor começa: “ Puxa…Bem underground mesmo seu traço e sua história…isso me lembrou um famoso autor de histórias em quadrinhos underground…o Robert Crumb, já ouviu falar dele?”

POOOORRA!!o Prof me comparou com o Crumb…Ahh fez minha noite,meu fim de semana, meu mês…
Falei pra ele que o Crumb é minha maior referência nos quadrinhos e que agradecia muito por tal comparação…
Ele pediu palmas de novo…

No fim da aula fui abraça-lo agradecendo por tudo e principalmente por mencionar Crumb sem eu mesmo falar do tal…

” Poxa vida, acertei, hem?” disse o professor…

Descobri também que o Romão nos anos 70 vivia ouvindo Henrdix, Joplin enquanto lia Crumb…

Esse professor é fantástico hehehe…

Tá na hora de postar essa HQ aqui né?
Então ta aí a dita cuja, o traço ta trash e não está do meu gosto…mas eu chego lá…

BAIXE AQUI O ABSINTO EM QUADRINHOS:
OAbsinto a4-CamiloSolano

Ficou meio grande o arquivo mas vale a pena…eu acho…

Resolvi colocar a música também que eu deixei tocando enquanto apresentava o trabalho…Ela faz toda a diferença…sinto que essa música é perfeita pra HQ…

Mas não achei a versão que eu tinha pra baixar…o máximo que eu achei foi essa:

http://www.4shared.com/audio/XIBzeIfF/02_Op34_No1_in_A_flat_Valse_br.htm

não precisa baixar, dá pra deixar tocando no site do 4shared mesmo…
não é a mesma pegada da versão que eu tinha…mas já dá um gostinho…
Abrá.

Cachalote e Camelo.

Por mais clichê que seja dizer que estou desanimado e o blog está abandonado, é isso!!

Já percebeu que todo blog é assim?O cara está sempre desanimado e sempre dizendo que o blog está abandonado e dizendo que vai procurar postar mais coisas…Seguindo tendências…

Mas o pior é que é isso mesmo que se passa comigo, desânimo sei lá porque, fim de semestre, precisando de férias…deve ser isso.

Cachalote!!Nova Graphic Novel feita por Daniel Galera e Rafael Coutinho…Estou doido pra ler.

Não sabia muito qualé que era a pegada do Rafael Coutinho sabe…Gostava do trabalho dele, mas conhecia pouca coisa e assim ia…
Mas daí eu vi ele no Roda Viva entrevistando os gêmeos…Porra, adorei!!As perguntas que ele fazia eram muito pensadas e parecia ser o único com perguntas bem boladas…sei lá se eram bem boladas, só sei que ele viajava dum jeito nas palavras que eu curti muito o jeito dele…Pô muito massa…

Acho que será grande o seu sucesso…

Mais um clichê agora!!Falar que ele é filho do Laerte, bastante gente quando fala dele, fala que ele é filho do Laerte, PORÉM, eu acredito que daqui a algum tempo será ao contrário, o Laerte que será conhecido com o pai do Rafael.Que é uma enorme diferença.
Não sei se deu pra entender…

Outra coisa, eu acho bem engraçado e tosco quando se fazem alguma coisa que faz sucesso e tal(tipo um filme, ou desenho) e daí saem produções genéricas a partir e baseadas no sucesso, ou seja, copiando pra ganhar dinheiro e tal…Filmes da Disney tem isso, sempre fazem cópias deles com nomes parecidos….Ah é muito tosco…

Daí então, eu fiz algo parecido com Cachalote como se fosse uma dessas produções genéricas que vão na crista da onda do sucesso da HQ…Mas claro, tudo de brincadeirinha…Apenas peguei o nome e mudei um pouco…

Chaqualhote, rebolando até não aguentar mais, a baleiazinha mais sexy da quebrada!!

Chácara e os Lotes- Uma tensa história dum fazendeiro que se vê em meios ao lotes a venda ao redor de sua chácara.O inimigo?Baleia Branca Loteamentos Ltda.Intrigante!Emocionante!Excitante!!!

Por fim, mas não menos importante (como é tosco falar isso)…
Um projeto que revolucionará todas as artes gráficas do mundo…será?

Aguarde.